fbpx

Greve dos Caminhoneiros 2021?

Desde quarta-feira (08/09), caminhoneiros a favor do governo Bolsonaro promovem manifestações e bloqueiam rodovias em pelo menos 14 estados do país.
Na maioria dos casos, apenas a passagem de carros pequenos, veículos de emergência e cargas de alimentos perecíveis está sendo liberada pelos manifestantes, enquanto veículos de carga estão sendo abordados.

O protesto já afeta uma minoria de postos de combustíveis em alguns estados e gera pânico em parcela da população, que faz fila para abastecer automóveis.
Para efeito de comparação, a greve dos caminhoneiros de 2018, que durou 10 dias, causou esgotamento de combustíveis e alimentos ao redor do país, o que afetou imediatamente a inflação e o PIB. Na época, a inflação esperada para junho era de 0,22%, mas o resultado final foi de 1,26%. Além disso, a indústria de transformação apresentou queda de 3,4%, impactada pela falta de insumos e bens finais.

Apesar de tudo, grande parte dos caminhoneiros do movimento já dispersaram. Pistas como a Fernão Dias, que tinha estava interditada no sentido São Paulo-Minas, já se encontra livre e com tráfego normal.

Open chat
Podemos te ajudar?