fbpx

EUA – Desaceleração nos imóveis

Em fevereiro, as licenças de construção americanas recuaram 10,8% frente o recorde de 15 anos registrado em janeiro. Além disso, a construção de novas casas caíram 10,3% ante janeiro e foram ao menor patamar em 6 meses. Ambos os indicadores ficaram bem abaixo das expectativas.

Vemos um recuo acentuado em 2 dos principais indicadores do setor imobiliário em fevereiro, mas ainda assim os níveis ainda não chegam a ser preocupantes, visto que permanecem bem próximos das máximas recentes e há o atraso de cerca de 1 a 2 meses para as licenças de construção refletirem na construção de novas casas, então ainda há a possibilidade da máxima de uma década e meia das licenças impactarem as novas construções de março. Ademais, a reunião de hoje do FOMC e a expectativa de manutenção da taxa de juros nas mínimas podem trazer mais insights para o futuro do setor, que deve seguir forte.

Seguem os gráficos das licenças de construção e da construção de novas casas, respectivamente:

Open chat
Podemos te ajudar?