fbpx

Europa – Vendas sobem mas seguem pressionadas

As vendas no varejo da Zona do Euro aumentaram 3% em fevereiro, maior avanço desde agosto do ano passado. Entretanto, mesmo marcando excelente resultado frente às estimativas de +1,5% e recorde recente, as vendas no varejo seguem pressionadas, tendo em vista as oscilações constantes desde o início da recuperação em maio de 2020.

No mês, as vendas de produtos não alimentícios tiveram a maior variação ao subir 6,8% e compensar parcialmente o recuo de 9,9% do mês anterior. Ainda no campo positivo, o volume de vendas de combustíveis aumentou em 3,7%. Por outro lado, as vendas de alimentos, bebidas e tabaco caiu 1,1% em fevereiro, ante janeiro.

Na comparação anual, as vendas no varejo dos países do euro apresenta -2,9%, bem acima das expectativas de -5,4%, o que é positivo para o setor mais pressionado pelas restrições e lockdowns nos principais países do continente. Apesar das extensões das medidas para conter o avanço da pandemia em março, o PMI de Serviços do bloco europeu teve forte avanço no mesmo período, com destaque para a Alemanha, que voltou a marcar expansão após 6 meses. Desse modo, esperamos uma reação dos serviços e comércio mesmo com as restrições.

Open chat
Podemos te ajudar?