fbpx

Inflação americana nas máximas de mais de uma década

A inflação americana teve alta de 0,6% em maio frente ao mês anterior e acumula agora 5% nos últimos 12 meses, maior patamar desde o resultado de agosto de 2008. O núcleo da inflação, que desconsidera a alimentação e energia, marcou alta de 0,7%.

O principal impacto no mês veio do índice de carros e caminhões usados, que avançou 7,3% e contribuiu com cerca de 1/3 do resultado total. No mais, o índice de alimentação cresceu 0,4%, mesmo valor de abril, e o índice de energia seguiu estável, com a queda da gasolina sendo compensada pelo aumento na eletricidade e gás.

A inflação americana segue avançando em meio à forte retomada da demanda, preços crescentes e escassez de commodities e salários maiores. Pressionada de diversas frentes, a inflação dos EUA deve seguir essa tendência até o fim do ano, tendo em vista a aceleração da recuperação de grande parte das economias apenas no 2º semestre e o posicionamento do FED de seguir com as taxas de juros baixas e o QE.

Open chat
Podemos te ajudar?