Reflexos no mercado de trabalho

25/11/2020

Os pedidos iniciais por seguro-desemprego contrariaram as expectativas de queda no resultado de hoje e cresceram em 30 mil, passando de 748 mil há duas semanas atrás para 778 mil na semana passada. O número é o maior em 5 semanas.

A piora gradativa dos pedidos por seguro-desemprego é reflexo da forte segunda onda de casos de COVID no país, bem como do esgotamento dos estímulos fiscais. Mesmo com o setor de serviços contratando em volume recorde de acordo com a preliminar do PMI de novembro, o mercado de trabalho ainda não dá sinais de uma reação positiva.